close
Empresas concorrentes da licitação das urnas eletrônicas deverão fazer ajustes em seus pro...
Notícias do TSE

Empresas concorrentes da licitação das urnas eletrônicas deverão fazer ajustes em seus projetos

TSE concedeu às interessadas prazo para que reapresentem seus projetos, em conformidade com os requisitos técnicos previstos no edital do certame

Em sessão extraordinária administrativa realizada nesta quarta-feira (8), os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concederam prazo para que as duas empresas participantes da licitação para fornecimento das novas urnas eletrônicas modelo 2020 (UE2020) reapresentem seus projetos dentro dos padrões legais exigidos pelo edital do certame. As empresas Positivo e Smartmatic do Brasil – integrando esta última o Consórcio SMTT – haviam sido desclassificadas pela Comissão Permanente de Licitação (CPL) da Corte Eleitoral.

Mais informações em instantes.

Veja mais

Powered by WPeMatico


COMMENTS ARE OFF THIS POST